Notícia

Archives

QGEP se diz satisfeita em ter Statoil como sócia

A afirmação sinaliza que a QGEP não deve brigar pela fatia da Petrobras. Como sócia, a petroleira tem direito de preferência no caso de uma venda Fonte: Exame Abril – Negócios

Lucro do Barclays cai a 1,1 bilhão de libras no 1º semestre

O resultado foi prejudicado por perdas absorvidas pelo banco britânico no processo de venda de ativos Fonte: Exame Abril – Negócios

BRF vê necessidade de novos aumentos de preços no Brasil

O presidente-executivo da companhia, Pedro Faria, afirmou que o teto para os reajustes de preço no país está sendo alcançado Fonte: Exame Abril – Negócios

Bradesco espera melhora na demanda por crédito no 2º sem

Nesta quinta-feira, 28, ao divulgar seus resultados do segundo trimestre, o banco revisou para baixo suas projeções para o desempenho dos empréstimos Fonte: Exame Abril – Negócios

Air France cancela 20% dos voos para sexta-feira e sábado

Cancelamentos se devem aos sete dias de greve convocados por vários sindicados do pessoal de cabine Fonte: Exame Abril – Negócios

Petrobras vende participação em bloco na Bacia de Santos

O negócio de US$ 2,5 bilhões foi firmado com a empresa Statoil Brasil Óleo e Gás e envolve o prospecto exploratório denominado Carcará Fonte: Exame Abril – Negócios

Lucro do UBS cai a US$ 1,05 bilhão no 2º trimestre

O resultado superou, porém, a expectativa dos analistas, que era de 636 milhões de francos suíços. Às 8h45 (de Brasília), a ação subia 2,48% na Bolsa de Zurique Fonte: Exame Abril – Negócios

Com recuo argentino, cai volume da Ambev na América do Sul

O efeito foi provocado por retração na Argentina e pela saída da Ambev do negócio de refrigerante no Peru, disse a empresa Fonte: Exame Abril – Negócios

China legaliza Uber e outras redes de transporte partilhado

A nova legislação, a primeira elaborada por um país para regular em nível nacional este tipo de negócio, foi apresentada ontem Fonte: Exame Abril – Negócios

Petrobras vende fatia no pré-sal por US$2,5 bi para Statoil

A venda para a petroleira norueguesa da fatia de 66% no bloco na Bacia de Santos marca a primeira grande área do pré-sal incluída no plano de desinvestimentos Fonte: Exame Abril – Negócios